Menu

A Temperatura da Cor e Uso em Fotografia

By clopezso | Técnicas

A Temperatura da Cor e Uso em Fotografia

Temperatura del cor e uso en fotografía, é mais uma técnica, que podemos aplicar no manejo y control de naturaleza da luz, quando fazemos nossas fotografías.

Possívelmente, com você también aconteceu tirar fotografías, e ao conferi-las saíram com tonalidade azulada, amarelada, ou avermelhada, não aconteceu?

Bom! Deixa-me dizer que isso não acontece somente com você, nem também porque você de repente virou daltônico, nada disso!

A verdade é que você não levou em consideração, o tipo ou natureza da luz que iluminava o cenário. Quer dizer, no considerou a Temperature da Cor, originada pela natureza da iluminação, na hora de tirar sus fotografías.

Portanto, vamos a ver todos los detalles de lo que é, a Temperatura da Cor e como aplicá-la de forma correta na fotografia.

1.- Temperatura da Cor, o que é?

Quando começa a caminhada dentro da Fotografia, a primeira coisa que percebemos, é o leque de tonalidades da Luz. Principalmente, como tonalidades cálidas e avermelhadas, do amanhecer e, do pôr do Sol.

O processo natural que, a rotação da Terra, produz o dia ea noite. Assim, nossos olhos vão se adaptando, às distintas tonalidades geradas pela luz do Sol, desde que aparece no horizonte, até se pôr de novo.

Esta adaptação da nossa visão, sem que percebamos, corrige as tonalidades e, se há um objeto de cor branco, o nosso cérebro nos informa que é branco. Mesmo que o objeto esteja refletindo uma tonalidade diferente de luz. Nas câmeras digitais, o elemento equivalente ao olho humano, é o sensor de imagem.

Mas este aparelho, no consegue corrigir de forma automática, como nossos olhos, toda a informação que recebe da luz do ambiente. Há muitas situações nas que, nossos olhos, percebem imagens com tonalidade branca e cores adequadas. Porém, a resposta do sensor da câmera é, gerar imagens com predominaínio de cores, e tonalidades até desagradáveis.

Imagem com dominância de luz vermelha (tonalidade muito cálida)

Imagem com dominância de cor amarela (tonalidade meio cálida)

Como duas imagens anteriores, possuem dominância de tonalidades cálidas, variando do vermelho para o amarelado. Essa dominância, forte no céu e nas nuvens, se reflete também na superfície da água do mar.

O resultado é, uma imagem pouco agradável aos nossos olhos, acentuada pela recordação do cenário real, bem mais agradável.

1.1.- Assim, o Que é a Temperatura das Cores?

Como conceito básico:  A temperatura das cores, são as tonalidades que produzem as fontes ou tipos de luz. 

Mesmo que, o olho humano não perceba, cada fuente o tipo de luz, possui uma tonalidade de cor diferente e própria. Quer dizer, cada tipo ou fonte de luz, têm uma temperatura ou tonalidade, própria e diferente.  

Portanto, nossos olhos não percebem facilmente, as diferenças de tonalidade, ou temperaturas, das fontes ou tipos de luz. Mas, os sensores das câmeras sim os detectam e, transmitem às imagens criadas.

Como semper um exemplo, vale mais que mil palavras. Vejamos algumas imagens, que mostram essas diferenças claramente.  

A imagem à esquerda mostra cor fria azulada, ao centro é neutra, e à direita cor cálida avermelhada

Estas imágenes acima, mostram três tipos de temperaturas da cor, como se indica embaixo delas. A da esquerda, está equilibrada puxando tonalidade fria azulada. A do centro é, una neutra sem alteração do original. A da direita está equilibrada, puxando tonalidade cálida avermelhada.

A lona de cor laranja, passa de amarelo à esquerda, para o vermelho à direita. Também se aprecia, que a cor da roupa das pessoas, muda de azul claro, para azul intenso quase preto. Assim mesmo, 0 s rostos das pessoas também passam do branquelo azulado, para um beije vermelho, à direita.

O mesmo efeito, se aprecia nos muros de pedra, que passam de um cinza azulado, para um beije avermelhado. Isto tudo, é bem palpável, simplemente comparando a imagem neutra original, com as alteradas da esquerda e direita.

Com este ejemplo, acredito que fica claro, como afeta a temperatura das cores, no result final of uma mesma fotografia.  

1.2.- ¿Como são Geradas como Tonalidades da Cor?

As cores cálidas avermelhadas, se produzem no amanhecer, e no pôr do Sol, e também com lâmpadas de filamento. Já as cores frias cinzentas e azuis, se produzem nos dias encobertos, áreas de sombra, situações de névoa e cerração.

Além destas situações, geradas por fontes de luz, tanto naturais quanto artificias, existe uma parte do dia, em que os efeitos da luz natural, são especiais. Me refiro ao que se conhece como hora azul ” (expresión derivada de francês  l'heure bleue ) .

Nesta hora azul, a qualidade da luz possui tonelidades particulares. Somente possíveis no crepúsculo e no anoitecer, quando não há escuridão nem luz do dia. Neste horário, é possível fazer fotografías verdadeiramente espetaculares.

2.- ¿Cómo manejar a Temperatura ou Tonalidade da Cor?

Com a finalidade de refrescar alguns conceitos basic, recomendo ver este artigo:    Que é o balanço do branco  .  

Menú de uma compacta avançada Fujifilm, mostrando una función EQUILIBRIO DO BRANCO AUTOMÁTICO

Básicamente, temos duas formas de manipular a temperatura das cores, que são estas:

  • Diretamente com o menu da nossa câmera (alguns celulares avançados o podem fazer)
  • Na edição das imagens, no computador, com um software o programa de edição de imagens

Para fazê-lo directamente con una cámara, é indispensável que ela tenha esta función no menú de ajustes. 

N Este SENTIDO, Indicar Que há muitas Cámaras Compactas avançadas ou Ponte, Que posibilita esta función.

Quer dizer, não precisa ser uma DSLR ou réflex. Além das câmeras fotográficas, también alguns celulares avançados, possuem estes ajustes, para equilibrio do braço (veja o manual dele). 

Para não repetir coisas, veja este artículo  Que é o Balanço do Branco .

Existe una relación estrecha e importante, entre el concepto de Balanço do Branco , y   Temperature de Cor .

Portanto, los antes de ver os Modos de Balanço hacer Branco que tem nossa cámara, é indispensável entendre o conceito de temperatura de Cor , e seu funcionamento.

2.1.- ¿Cómo Controla a Câmera a Temperatura da Cor?

A T , que define a cor branca pura em 5.500K, que corresponde à luz solar do meio-dia. emperatura da cor, é medida na escala Kelvin (K)  

A luz com temperatura mais alta terá, tonalidades avermelhadas, entanto que, a luz com temperatura mais alta terá tonalidades azuladas.

A forma em que as câmeras compensam, as tonalidades dominantes das fontes de luz, é o Balanço de Branco. 

Esta función, quando recebe uma tonalidade de luz, un Compensa, acrescentando o Contrário.

Ou seja, quando a câmara recebe cenas com tonalidades quentes, as compensa acrescentando cores frias, y viceversa. Assim consegue, tonalidades ou temperaturas, neutra e equilibrada.

Ou seja, algo parecido ao que faz, quando toma um café com leite. Se o café está muito quente, acrescenta leite frio. E quando  está frio, acrescenta leite quente, até deixar no ponto.

Se você está iniciando en Fotografía, aconselho que ajuste em modo automático, a função Balanço de Branco. Assim, evitará problemas de cor em suas fotografias.

Caso você tenha experiência, pode selecionar o formato RAW (cru), e não terá que fazer nenhum ajuste, porque ele pega todos os dados.

Depois Podera fazer com O que desejar como fotografias, Editando-como ningún computador.

Acrescentar que, normalmente como cámaras vem ajustadas por defeito en formato JPEG.

Isto que consome menos memoria, ao criar os arquivos de imagens. Portanto, se sua câmera tiver os dois formatos RAW e JPEG, faça a configuração desejada.

Algumas cámaras compactas avançadas, posible RAW e JPEG, más es comum em todos como réflex DSLR. 

Mesmo assim, o ajuste de fábrica é semper o formato JPEG, porque consome menos recursos de memoria.

Efeitos variando a temperatura das cores (2500; 3500; 6000; 9000 e 15000 K), na mesma fotografia

2.2.- Edição das Imagens no computador

Como indicado, o formato mais adequado, para editar imágenes, é o formato RAW, porque ele tem toda a informação digital.

¿Es posible editar imágenes en formato JPEG? É claro que sim! A coisa é que toda vez que uma imagem é editada, sofre uma perda de dados, quer dizer, de qualidade.

Seja qual seja o formato, semper haverá perda de dados na edição. A perda será mais perceptível, logicamente, sin formato JPEG. 

Isto porque, partimos de originais que tem menos dados. Portanto, a perda na edição, proporcionalmente, semper será mais acentuada neste caso.

Com a edição ou pós-produção, temos uma ferramenta muito potente em nossas mãos, que nos dá todo o jogo imaginável.

É claro que todo, vai depende de nosso domínio do programa de edição, que usarmos no computador.  

Devemos ser cientes de que, em Fotografia geralmente, não há imágenes péssimas, em relação com a temperatura das cores.

Com os Recursos da edição, semper Podemos dar o jeito certo em Cada imagem.

Sem importar muito, as alterações de tonalidade da cor, que tenha nossa imagem original, podemos ajeitá-la ao gosto.

Inclusive, pode acontecer que depois de visualizar essas imagens, tenhamos uma inspiração criativa e, gostemos mesmo delas como estão .

3.- Como utilizar los recursos de la temperatura de los núcleos

Aprenda a tirar partido, dos efeitos que as tonalidades ou temperatura, das cores oferecem em cada imagem.

Faça testes, comece usando por exemplo, uma única tonalidade, quente, cálida, avermelhada e, varie os motivos.

Experimente pessoas com, Coisas, predios, animais, paisagens, etc., e assimilé-o no processo de composição fotográfica.

Memorice quais tipos de fotografias, resultam mais favorecidos com essas tonalidades ou temperaturas, quentes.

Tomé e anotações, estude Cada detalhe depois com calma, párrafo 

Siga o mesmo processo, com outras temperaturas ou tonalidades frias azuladas e, neutras sem alteração nenhuma.

Seja organizado e disciplinado, e em pouco tempo, terá um bom domínio de todos estes recursos das tonalidades.

Deixo algunos ejemplos, con imágenes de diferentes motivos, nos que foram usados estes recursos de temperaturas o tonalidades, diferenciadas.

3.1.- Imágenes con Temperatura o Tonalidades Quentes

Estes são alguns exemplos, de fotografias de motivos variados, aproveitando as tonalidades quentes, originadas pela light natural.

A bola de cristal, reflexa a cálida luz do amanhecer, nesta fotografia com mínima profundidade de campo

Tonalidade quente do crepúsculo sobre a cidade, com o Sol tingindo de cor as nuvens  

Tonalidades quentes suavizadas pelo cinza das nuvens. Passa do amarelo, beije, marrom ao vermelho


Exemplo, fotografia com temperatura quente, que origina a luz das lâmpadas com filamento incandescente. 

3.2.- Imágenes con Tonalidades Frias Azuladas

Vejamos agora, alguns exemplos totalmente opostos aos anteriores. Seguem exemplos, de fotografias com tonalidades frias, variando do cinza suave até o azul intenso.

Tonalidade fria com predominância dos cinzas, variando para azul intenso, e verde à esquerda (Expo Universal 1992 - Sevilha (Espanha))

Tonalidades frias, com dominância do azul suave, eo cinza da névoa, que apaga o verde da grama (O Golden Gate - São Francisco USA)

Predomínio das tonalidades frias, originadas pela névoa (montanhas nevadas na Europa Central) 

Nas fotografias anteriores, se aprecia que o elemento que afeta à tonalidade ou temperatura, que produz algumas imagens frias, é que a atmosfera não está limpa. Há névoa, céu meio encoberto que origina reflexos sobre a superfície da água, etc.

Mas, mesmo com a atmosfera límpida do céu ártico, o crepúsculo nesta area da Terra, produz estas tonalidades frias. 

Esta fotografía muestra uma Aurora Boreal, nesse cenario do crepúsculo ártico, na “Hora Azul”.

Temperaturas da cor muito frias, neste crepúsculo ártico, com Aurora Boreal incluída. (A temperatura gélida ambiente, não tem nada a ver com isso. São os efeitos particulares da luz da “Hora Azul”)

Para encerrar esta parte do artigo, insistir em que, aprenda a utilizar este recurso.

USAR Este recurso técnico, oferece um amplo leque de possibilidades, que podem fazer suas fotografias ganharem beleza.

4.- Conclusão

Como semper, insistir a respeito de que a Fotografía é uma Arte, e como tal, somente terá as limitações que cada fotografo, puser com sua criatividade. 

Quer dizer, Cada um De Nos, iremos Pôr o "listao" na nossa altura Que capacidade criativa, alcançar.

Toda vez que fazemos uma fotografia, devemos ser cientes que esse ato, envolve um processo criativo.

Quando disparamos nossa câmera, e captamos imagens, o fazemos com a intuição explicita ou não, de transmitir uma mensagem para quem veja essas fotografias.

Portanto, enriqueça seus recursos técnicos quanto mais puder, para conseguir semper, transmitir sua mensagem atreves das imagens.

Incorpore este recurso técnico, que oferecem como tonalidades ou temperaturas das cores, dê efeitos esplendidos às suas fotografias. 

Consiga transmitir sua Mensagem, seu Estado de Animo, una calidez ou frieza de um Cenário, destaque a beleza da pessoa. 

Consiga transmitir expressões dos rostos e os sentimentos, das pessoas. Tudo isso é posivel usando correctamente, a tonalidade ou temperatura das cores.

Espero que este longo artigo, seja da maior utilidade para você, e que tenha gostado dele. 

Ficarei muito grato se o compartilhar com seus colegas, e deixar seus comentários, que terei prazer em respondedor.

Até o próximo artigo!

Este site usa cookies próprios e de terceiros para recopilar informação estatistíca, e mostrá-lhe publicidade relacionada com sua preferência, gerada a partir das suas pautas de navegação. Caso de continuar navegando, consideramos que aceita esta utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close