7 Conselhos de Como Fazer Boas Apresentações

By clopezso | Edição

Como Fazer Boas Apresentações Fotográficas Sem Perder Nada

Como fazer boas apresentações é importante, também o é fazer boas fotografias.

Neste artigo vou-lhe dar uns conselhos bem úteis, para que você impressione os assistentes, com seu trabalho bem feito, que provocará a admiração deles. 

imagem que mostra as mãos de uma pessoa segurando a fotografia que está revisando, também aparece a tela do computador, mostrando uma bela fotografia de um castelo medieval, como exmplo da revisão e seleção das fotografias a serem incluidas na apresentação

Se você segue este processo, com certeza, suas apresentações serão um motivo para passar uns momentos agradáveis com os assistentes. Alem disso você conseguirá transmitir a todos eles, as mesmas sensações que você sentiu ao criar essas fotografias.

1.- Vejamos os 7 conselhos para fazer apresentações espetaculares!

 É bem provável que também tenha acontecido com você, que depois de uma viagem de férias, voltarmos com vários cartões de memória cheios com fotografias de toda nossa andança.

A coisa se complica quando queremos mostrar todo esse material fotográfico, para a família e amigos, não é mesmo? Isto porque resulta complicado mostrar isso tudo na telinha da câmera, ou mesmo conectando ela com o aparelho de TV. É difícil localizar o que você deseja, o pessoal fica impaciente, e no fim tudo costuma dar errado.

Inclusive podem acontecer situações embaraçosas porque, descontroladamente, pode mostrar fotografias que você não queria mostrar...

Você precisa eliminar as que não estejam corretas (desfocadas, claras, escuras, etc.), e ficar somente com o “grão”. E seguidamente organizar todas por motivos, datas, locais, etc., e desta forma ter as coisas perfeitamente localizadas.

O “negocio” é que sua apresentação das fotografias, não seja um “castigo” para as pessoas assistentes, nem precisar explicar nada. Imagino que você também passou por uma destas incomodas situações em que, cada foto vira uma explicação de 5 minutos. Isso é desagradável mesmo, porque o que teria que ser uma festa, acaba virando uma tristeza para todos.

Portanto, depende exclusivamente de você, conseguir que sua apresentação, seja uma experiência prazerosa, e que você seja considerado bom fotógrafo.

Então, você está disposto a descobrir quais são estes conselhos, e aplicá-los na pratica para apresentar suas fotografias? Acredito que sim, portanto vejamo-los!

2.- Selecione Criteriosamente Suas Fotografias

A primeira coisa a fazer é descarregar todas as fotografias, em seu computador seja PC de escritório ou notebook, para poder trabalhar com elas.

Imagem que mostra as fotografias colocadas como aparecem na tela do computador, a modo de painel de nove por quatro fotografia, para fazer a seleção das boas e descartar as ruins, antes de fazer uma apresentação fotográfica

O processo de seleção das fotografias deve ser feito seguindo uma determinada ordem, simples mas correta:

  1. Descarregar todas as fotografias para uma pasta geral “fotografias” do seu computador
  2. Abrir a pasta para que apareçam as fotografias na tela do monitor do computador
  3. Criar novas pastas dentro da geral “fotografias”, com o nome desejado (pessoas, motivos, locais, etc.)
  4. Selecionar com o “mouse”, as fotografias relacionadas com cada uma das pastas criadas, e colocá-las em cada pasta.
  5. Abrir cada pasta criada, e visualizar as fotografias, e eliminar todas as que estejam defeituosas, ou não goste delas.
  6. Depois de ter feito a seleção das fotografias, terá “a palha separada do grão”, e será fácil encontrar cada coisa.
  7. Já temos todas as fotografias selecionadas e corretamente arquivadas. Faça uma copia “backup” fora do computador em outro médio de armazenagem.
  8. Abrir a pasta das fotos que vai usar para fazer sua apresentação e visualizá-las no monitor do seu computador. Volte a revisar e eliminar as repetidas ou semelhantes.

Depois de ter feito todo este trabalho de seleção, arquivado, e armazenamento, é bom você esquecer-se das fotografias uns dias. Isso porque depois deste “respiro” a sua mente estará mais clara e permitirá ver as coisas de forma diferente. Volte a fazer uma nova seleção das fotografias, e fique somente com o que achar melhor agora.

3.- A Quem Vai Apresentar As Fotografias?

Pensar em que pessoas vão ver as fotografias lhe dará a resposta a, quais fotografias colocar na apresentação? Não é o mesmo apresentar as fotografias para você e sua “costela”, do que para suas crianças, amigos, familiares, etc.

Cada grupo de pessoas gostará mais de umas que de outras. Portanto, se atente com este detalhe. Possivelmente, que a família goste mais das paisagens fotografadas, os amigos mais dos locais visitados, pratos que experimentou etc.

Imagem mostrando uma panorámica das muralhas medievais da Cité na cidade de Carcassonne na França, como exemplo de locais visitados para incluí-la nas apresentações fotográficas

Por estes motivos provavelmente, você tenha que fazer vários tipos de apresentações adaptadas às pessoas que assistiram. Ou ate uma mistura “de tudo um pouco” caso você preferir não ter tanto trabalho.

Já com as mãos na massa, criando sua apresentação, é muito importante a música que você escolher como música de fundo. Pense que este trabalho ficará para sempre, e que as músicas “de moda” ficam obsoletas rapidamente. Assim dedique o tempo necessário para fazer esta escolha porque depois de feito não têm remédio.  

Coloque as fotografias de forma que não tenham correlação, espaços abertos seguido de locais mais fechados. A apresentação deve ser variada e agradável.  

4.- Utilize Um Software Simples De Apresentações

Esta parte é verdadeiramente importante, você deve decidir como apresentar suas fotografias, e de isso vai depender tudo.

Não recomendo gravar as fotografias diretamente num CD ou DVD, e visualizá-las na TV. Olha! Se você se encontra aqui é para trabalhar mais um pouco e, fazer uma boa apresentação das fotografias.

Imagem do monitor do computador, que mostra os menus de um software de edição de fotografias, como exemplo dos muitos que há para fazer o trabalho de boas apresentações fotográficas

Para criar uma boa apresentação você não precisa ter conhecimentos de Photoshop, ou Lightroom, nada disso! Também não precisa gastar dinheiro comprando algum programa como Final Cut, Avid, Adobe Premier, ou qualquer outro software.

Será suficiente utilizar o Movie Maker que é gratuito, simples de usar, e instalado por defeito no Windows. Também há outros softwares gratuitos, como PhotoStage  e Microsft Photo Story , que pode descarregar e instalar também no Windows.

Usando o Movie Maker você pode:

  • Incorporar transições entre fotografias
  • Adicionar animações
  • Adicionar música de fundo
  • Incorporar efeitos visuais
  • Gravar uma narração
  • Criar títulos e colocar créditos no final
  • Colocar música de fundo, etc.

Para melhor compreensão veja o tutorial abaixo, que mostra de forma fácil como usar o Movie Maker.

Agora é a sua vez! Comece a criar suas apresentações, e mesmo que a primeira não seja perfeita, pense que “a pratica faz o mestre”.

5.- O Bom Na Justa Medida É Duas Vezes Bom!

É aquela coisa... Quem não bebeu aquele chope com o colarinho justo, a cerveja na temperatura certa, na hora em que a sede pede um bom chope? Depois de saborear esse chope, vem mais um, que é exatamente igual ao primeiro. É bom, mas já não é a mesma coisa, não é mesmo? E nem se fala de um terceiro...

Imagem de uma lagoa numa vazia nas montanhas, como exemplo de locais visitados para fazer uma boa apresentação fotográfica.

Com este exemplo quero mostra que fazer uma apresentação de fotografias, mesmo sendo perfeita, se alongar demais perde qualidade. O limite recomendado é a duração da canção ou música escolhida como fundo musical. Entre 3 e 5 minutos.

Pode alongar se quiser, é claro! Mas depois vai conferir que não foi a melhor eleição. Dê uma duração de 4 a 6 segundos por fotografia, na montagem da apresentação. É muito melhor deixar à sua audiência justamente com “água na boca”, querendo mais, do que fiquem saturados.

Olha! Façamos um simples cálculo: Vamos considerar 5 minutos de duração da música, isso são 5x60=300 segundos. Com 5 segundos por fotografia temos 300/5=60. Ou seja, podemos colocar 60 fotografias da nossa seleção, para montar nosso vídeo de apresentação. Ate poderiam ser mais, se reduzimos o tempo por fotografia.  

Como diz o cabeçalho deste item 4, “o bom na justa medida é duas vezes bom”. Esse é seu desafio!

6.- Faça As Fotografias Protagonistas Do Evento! 

Fazendo a apresentação das suas fotografias, você está mostrando as vivencias ao longo da sua viajem. Portanto, fazê-lo de forma que tudo seja mostrado seguindo a seqüência de como foi realmente faz sentido, não acha? Há situações em que uma apresentação pode perder objetividade, de não ser mostrada de forma ordenada.

Vamos supor que você fez uma viagem visitando varias cidades. Mostre uma fotografia do seu médio de transporte, cada vez que mudou de cidade. Será suficiente para que o expectador capte isso. Não é absolutamente necessário que ordene as fotografias seguindo “à risca”, a cronologia dos fatos. O importante é conseguir criar uma seqüência do acontecido.

Se você consegue fazer sua apresentação sem ter que falar nada, aí sim pode ficar satisfeito do seu trabalho. Pense que uma apresentação corretamente planejada, vai falar por você e expor a historia da sua viagem perfeitamente. Não interromper a atenção dos espectadores, tem que ser seu desafio!

7.- Gosta De Compartilhar Seus Trabalhos Fotográficos? 

As primeiras idéias que vem à cabeça, uma vez que temos nossas fotografias “peneiradas” e classificadas, podem ser: 

  • Imprimir as melhores e presenteia-las a familiares e amigos
  • Criar uns quadros e decorar nossa casa com elas
  • Imprimi-las em papel e criar um álbum
  • Compartilhá-las nas Redes Sociais
  • Apresentá-las a um concurso
  • Etc.

Você pode aproveitar seu trabalho e o material criado. Imagino que você gosta de navegar na Rede, terá página no Facebook, galeria no Instagram, ou painel no Pinterest. Aí pode compartilhar e atualizar suas fotografias nestas Redes Sociais. Assim muitas pessoas poderão admirar seu trabalho, e estabelecerem relacionamento com você, escrevendo suas impressões e comentários.

Página no Facebook, do indexcamera.com, mostrando como fazer boas apresentações fotográficas.

Indo um pouquinho mais longe, possivelmente você tenha também um canal no Youtube, Vimeo, etc. Se for assim, você poderá subir seus vídeos de apresentação fotográfica e compartilhar seu trabalho nestas Redes Sociais. Isto vai permitir que muitas pessoas possam ver suas apresentações quando quiserem, fazendo seus comentários sem incomodar você.

8.- Mesmo Que Obvio, É O Mais Importante 

Como indicado acima, é indispensável ter sempre uma copia “backup” armazenada:

  • Em CDROM
  • Em DVD
  • Em pendrive
  • Em disco rígido externo
  • Em seu PC
  • Em seu notebook
  • Em sua “tablet”, etc.

Isto por quê? Simplesmente, porque é a única forma de não ter a desagradável surpresa, de ter perdido todas suas fotografias.

Os computadores às vezes têm este tipo de probleminhas “ficam em branco”, e já foi!  Você fica totalmente impotente, “chorando o leite derramado”. Meu amigo essas situações acontecem, acredite, está-lhe falando “a voz dessa triste experiência”...

Por isso não seja negligente, faça as coisas de forma sistemática e ordenada, mas assegure todo seu trabalho. Garanta que estejam bem guardadas, todas essas fotografias únicas, que dificilmente vai poder repetir na vida. 

Estes “acidentes” acontecem, pode acreditar. Alias, por outro lado fazer esse “backup” das fotografias e das apresentações, não é caro. O mais barato são os discos CDROM e os discos DVD, de aí para cima: pendrive, disco rígido externo, etc. 

Espero que tenha gostado destes 7 conselhos, e que sejam da maior utilidade para você conseguir fazer suas apresentações espetaculares. Agora é a sua vez! Comece com suas apresentações, e não se desanime caso as primeiras não sejam perfeitas, a prática faz o mestre!

Agradeço seu comentário, e terei prazer em responder. Ate o próximo artigo!

Este site usa cookies próprios e de terceiros para recopilar informação estatistíca, e mostrá-lhe publicidade relacionada com sua preferência, gerada a partir das suas pautas de navegação. Caso de continuar navegando, consideramos que aceita esta utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close