Menu

Dicas para fotografar animais

By clopezso | Técnicas

Dicas para fotografar animais

Dicas para fotografar animais, é o que vou apresentar neste artigo,  mesmo que à partida parecer triviais, são elementos indispensáveis para conseguir boas fotografias.

Quem não gosta de lindas imagens dos seus animais de estimação, ou animais selvagens, que as vezes fotografamos na natureza? 

A seguir apresentarei essas dicas para fotografar animais.

Vejamos algumas fotografias reais, e os parâmetros e critérios usados em elas, para que você possa usá-los como referência orientativa.

1.- Aproveitar uma chance

O natural é que os animais estejam em movimento o tempo todo. Por isso resulta complicado conseguir a chance, em que eles ficam uns instantes parados, observando.

Comecemos com as dicas para fotografar animais. Você deve estar muito atento, e ter todo preparado para quando se apresentar esse instante, quer dizer, preparar:

  • Câmera e lente apropriado
  • Ajustar velocidade de obturador
  • Abertura do diafragma
  • Sensibilidade ISO
  • Se for o caso, um tripé e um flash

Isso pode ser feito com antecipação sem presas, avaliando todos os elementos que apresenta o cenário.

Agora o passo seguinte é ter paciência, se concentrar na observação do animal, ate se apresentar a esperada chance.

Pode acontecer que o animal esteja num local bem iluminado, aí nossas possibilidades podem ser maiores.

Poderemos fotografá-los em movimento, ajustando uma velocidade de obturador que “congele” o movimento do animal.

Também conseguir algum efeito especial aproveitando o movimento dele, mas isso é parte da nossa criatividade.

2.- Dicas importantes para fotografar animais

Fotografar animais, exige alguns recursos e técnicas, que são indispensáveis, para obter boas fotografia.

Ou se preferir, usar algumas dicas que ajudam muito a conseguir bonitas fotografias de animais.

Vejamos algumas destas dicas, que certamente vão ajudar bastante para conseguir nossas lindas imagens.

Mostrarei alguns exemplos reais, e também os ajustes que usei na minha câmera para fazer cada fotografia.

2.1.- Fotografar nossos animais de estimação

Há alguém que não sinta vontade de fotografar como posturas engraçadas que os nossos bichinhos acostumam adotar?

Imagino que isso é uma tentação irresistível, para todos os que temos esses animais.

Conseguir boas fotografias de animais de estimação é, uma das tarefas mais simples, mesmo que eles se selecionem sem parar. 

Isto porque eles estão sempre ao nosso alcance e, portanto, sob nosso controle.

Para tirar boas imagens deles, temos que considerar não somente suas engraçadas posturas, mas também:

  • A luz que há no local onde o bicho está (aproveitar a luz natural, direta ou difusa).
  • Que as coisas que estejam perto, não interfiram no enquadramento.
  • Ajustar os parâmetros da câmera e da lente (Sensibilidade, velocidade e abertura do diafragma).
  • Ter paciência para aproveitar os melhores momentos, ou tirar uma série de fotografias e, selecionar aquelas mais bonitas.

Acredito que assim, usando estas dicas para fotografar animais, você vai obter imagens lindas, dos seus bichinhos de estimação sejam eles cachorros, gatos, repteis, peixes, aves, etc.

(Imagem 1) O camaleão que é meu bicho de estimação

Os parâmetros ajustados na minha câmera foram estes:

Iluminação

Natural

Velocidade do obturador

1/200 s

Apertura do diafragma

f/4

Apertura máxima da lente

f/5.6

Sensibilidade ISO

200

Compensação de exposição

0 EV

Distância focal

80 mm (teleobjetiva)

Modo de medição

Multisegmentos

Forma de operar a câmera

Manual

Balanço de brancos

Automático

Posprocesado ou edição

GIMP Photo Editor

2.2.- Fotografar animais selvagens

Como animais selvagens me refiro a todos os que vivem livres, seja perto de nossa moradia, seja no médio da floresta. Quer dizer, aves de todos os tipos, animais de maior tamanho como antas, capivaras, jacarés, coalas, tamanduás, tatus, javalis, cobras, macacos, etc.

Evidentemente, cada tipo de animal a ser fotografado tem as próprias características. Hábitos de comer, beber, espaço onde viver, etc. Aplique as dicas para fotografar animais.

Isso tudo exige que preparemos nosso equipamento para aproveitar as poucas chances que esses animais vão nos proporcionar.

2.2.1.- Imagens de pássaros

Uns exemplos que todos conhecemos são os pardais, as rolinhas, os bem te vi, as pombas, etc., que moram ao nosso redor. Mas, nem por isso é fácil tomar boas fotografias deles.

A imagem seguinte, corresponde a um passarinho insetívoro, que vive exclusivamente nas árvores, comendo todo tipo de insetos e larvas.

Usando as dicas para fotografar animais, foi fotografado este Chapim

(Imagem 2) Chapim olhando muito receoso e desconfiado

Tratasse deste chapim macho (a fêmea não tem cores vistosas). Este passarinho é muito nervoso e não para nem um instante, por isso é complicado tirar uma boa imagem dele.

Eu fiz muitas tentativas até conseguir uma fotografia, mais ou menos boa. Mesmo tendo testado vários ajustes diferentes, no final ainda ficaram algumas partes sobre expostas, que foi impossível corrigir na edição final. Use sempre as dicas para fotografar animais.

As chaves para conseguir umas imagens válidas neste caso, será seguirmos um processo de alguns passos simples, porém necessários:

  • Localizar antecipadamente o comportamento do bichinho (que árvores costuma frequentar e a que horas).
  • Dedicar alguns dias para ter certeza de que o bichinho, costuma estar por lá.
  • Identificar os pontos onde tenhamos melhor visão do animal, mesmo sem usar a câmera ainda, porem conhecendo os movimentos dele.
  • Agora preparar o equipamento fotográfico, e fazer uma serie de fotografias, o mais detalhadas possível.
  • Aplicar a Regra dos Terços.
  • Por último trabalhar na edição para escolher e otimizar as melhores fotografias, e escolher a melhor de todas.

Os parâmetros ajustados na minha câmera foram estes:

Iluminação

Natural

Velocidade do obturador

1/200 s

Apertura do diafragma

f/5.6

Apertura máxima da lente

f/4.5

Sensibilidade ISO

200

Compensação de expòsição

0 EV

Distância focal

185 mm (teleobjetiva)

Modo de medição

Multissegmantos

Forma de operação da câmera

Manual

Balanço de brancos

Automático

Posprocesado ou edição

GIMP Photo Editor

2.2.2.- Imagens de animais selvagens

Outro exemplo,  de aplicação das dicas para fotografar animais, é este coala que foi fotografado num zoológico, e foi fácil fazer uma boa fotografia. Este marsupial, mais do que um animal vivo, parece um bicho de pelúcia lindo.

As chaves para fazer esta fotografia foram:

  • Este animal se movimenta lentamente, o que facilita fazer uma boa composição.
  • A mirada atenta do bichinho.
  • Aproveitar a luz do Sol atras dele.
  • Primero plano do coala com a mínima profundidade de campo.
  • Usar uma teleobjetiva.
  • Aplicar a Regra dos Terços.

Aplique sempre estas dicas para fotografar animais, e conseguir boas imagens.

Imagem dum coala  aplicando as dicas para fotografar animais

(Imagem 3) Coala agarrado ao tronco de um eucalipto olhando desconfiado

Os parâmetros ajustados na minha câmera foram estes:

Iluminação

Natural

Velocidade do obturador

1/250 s

Apertura do diafragma

f/5.6

Apertura máxima da lente

f/4.5

Sensibilidade ISO

200

Compensação de exposição

0 EV

Distância focal

200 mm (teleobjetiva)

Modo de medição

Multissegmentos

Forma de operação da câmera

Manual

Balanço de brancos

Automático

Posprocesado ou edição

GIMP Photo Editor

2.2.3.- Outros tipos de animais

Outro exemplo de animal selvagem é, esta imagem de uma anta fotografada numa fazenda do interior do estado de São Paulo. A fazenda possui uma coleção de animais selvagens, que mantem nas mesmas condições do seu médio natural.

Lá pode-se passear sem atrapalhar a vida dos animais e, tirar as fotografias que quiser sem chegar perto dos bichos. Assim como também usar à vontade as dicas para fotografar animais.

As chaves para fazer esta fotografia foram estas:

  • Conhecer alguns dados da natureza da anta.
  • Aproveitar que a anta possui uma visão bastante limitada, o que facilita a nossa camuflagem.
  • Os hábitos de vida deste animal, quando bebe e come.
  • Usar uma teleobjetiva para catar o animal bebendo sossegadamente.
  • Fazer varias fotografias, e selecionar a melhor depois de editá-las.
Imagem de uma anta bebendo, tirada aplicando as dicas para fotografar animais.

(Imagem 4) Anta bebendo tranqüila provavelmente sem perceber que foi fotografada.

Iluminaçao

Natural

Velocidade do obturador

1/160 s

Apertura do diafragma

f/5.6

Apertura máxima da lente

f/4.5

Sensibilidade ISO

200

Compensação de exposição

0 EV

Distância focal

200 mm (teleobjetiva)

Modo de medição

Multissegmentos

Forma de operação da câmera

Manual

Balanço de brancos

Automático

Posprocesado ou edição

GIMP Photo Editor

2.2.4.- Grandes repteis 

Outro exemplo de animais selvagens, é esta fotografia dos jacarés na ribeira do rio, passeando de canoa no Pantanal do Matogrosso. Eles se precipitam procurando a segurança da água do rio, na hora em que a canoa chegou perto.

Imagem de jacarés, usando dicas para fotografar animais.

(Imagem 5) Jacarés receosos da nossa proximidade 

As chaves para fazer esta fotografia foram estas:

  • Conseguir se aproximar dos jacarés e surpreender eles.
  • Mostrar estes animais em estado natural e suas reações.
  • Aplicar a Regra dos Terços.
  • Compor a fotografia nesse cenário espetacular

Os parâmetros ajustados em minha câmera foram estes:

Iluminação

Natural

Velocidade do obturador

1/200 s

Apertura do diafragma

f/4.5

Apertura máxima da lente

f/5.6

Sensibilidade ISO

200

Compensação da exposição

0 EV

Distância focal

80 mm (teleobjetiva)

Modo de medição

Multissegmentos

Forma de operação da câmera

Manual

Balanço de brancos

Automático

Posprocesado ou edição

GIMP Photo Editor

3.- Conclusão

Espero que estes exemplos sejam adequados para mostrar tanto algumas dicas ou recursos, como dar uma orientação para que possa começar.

Logicamente cada pessoa terá animais de estimação diferentes, ou ate pode ser que não tenha nenhum.

Mas isso não é impedimento para fotografar animais, mesmo porque existem muitos livres ao nosso redor, no mato, e na floresta. Aliás, essa é mais uma motivação estimulante para fazer essas fotografias.

Portanto, fique atento e tenha a paciência indispensável, para captar essas imagens lindas que lhe darão bons momentos. Animo você a praticar esta modalidade fotográfica, que tenho certeza vate proporcionar diversão e satisfações.

Se gostou deste conteúdo ficarei muito grato se o compartilhar com seus colegas nas redes sociais. Até o próximo artigo!

Este site usa cookies próprios e de terceiros para recopilar informação estatistíca, e mostrá-lhe publicidade relacionada com sua preferência, gerada a partir das suas pautas de navegação. Caso de continuar navegando, consideramos que aceita esta utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close