Começar aqui

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (28 votes, average: 3,64 out of 5)
Loading...


Quer Aprender Fotografia E Não Sabe Como? Começar Aqui

Quer aprender fotografia e não sabe como? Está procurando fazer melhores fotografias, e com frequência lê artigos em blogs especializados para esclarecer duvidas.

Mesmo assim não compreende perfeitamente tudo o que vê e lê neles, porque você precisa  ampliar seus conhecimento fundamentais. 

Exemplo de imagem de um homem que gosta de fotografia e está praticando sua afição. Ele aparece segurando uma câmera compacta fujifilm, com as duas mãos, que é a forma de segurá-la para que ao disparar e tomar a a fotografia, não se movimente a câmera. É um homem de uns 65 anos de idade careca, com o cabelo branco, e focalizado no centro da fotografia que ocupa sua face e suas mãos segurando a câmera, e justo os hombros dele, tudo sobre um fundo cor cinza.

Quer aprender fotografia e não sabe como? você não sabe por onde começar. Isso não acontece somente com você. Todo dia recebemos mensagens e comentarios, de seguidores e amigos, procurando orientação e ajuda para começar na fotografia.  

 Foi por isso decidí escrever este guia de iniciação à fotografia, para que seja útil a todos os iniciantes na fotografia. 

 Quer conhecer como foi a evolução da câmera fotográfica desde suas origens? Veja este artigo: Historia Da Câmera Fotográfica.

1.- Escolha Sua Câmera Digital

Se já possui uma, poderia pular esta seção porque, qualquer câmera que tenha, será suficiente para começar no apaixonate mundo da fotografia.  Futuramente poderá decidir com maiores conhecimentos, qual câmera precisará exatamente.

Imagem mostrando uma loja com prateleiras cheias de câmeras do todo tipo. Esta fotografia é bem  sugerente para animar a escolher a câmera fotográfica mais apropriada para se iniciar na fotografia.

Mas antes de começar a falar de características, gostaria de compartilhar com você a primeira dica que me dera meu mestre. "Tenha sempre em mente que a câmera não faz o fotógrafo" .

Dito com outras palavras "com a melhor câmera você pode tirar fotos ruins". Isto porque os elementos importantes que criam uma fotografia perfeita:

  • A luz
  • Enquadramento
  • Ângulo
  • O momento exato
  • E outros detalhes...

Nenhum deles depende da câmera. Isso  não significa que não seja importante a câmera que você usa, de jeito nenhum! Só quer dizer que há algumas coisas que dependem da câmera, e outras exclusivamente do fotógrafo.

1.1.- Quer Aprender Fotografia E Não Sabe Como, Que Câmera Precisará?

O explicado no paragrafo anterior força a pergunta. Qual câmera digital será a melhor para mim? Resposta dificil porque há muitas variáveis a considerar.

Por isso acredito que vai-lhe ajudar dar uma olhada nesta guia para escolher qual câmera você deve comprar.  Encontre toda a informação para selecionar sua câmera, nesta página!

Fotografia que mostra uma câmera fotográfica, que é segurada com a mão de uma pessoa, como sugestão da câmera que ira precisar um iniciante dentro da fotografia

Hoje em dia há uma ampla variedade, de câmeras e preços no mercado, que ajudam a encontrar a câmera correta:

  • Câmeras compactas simples
  • Câmeras ponte
  • Câmeras SLR
  • Câmeras mirrorless (CSC - EVIL - MILC)*

*(CSC = Compact System Camera; EVIL = Electronic Viewfinder with Intechangeable Lens; MILC = Mirrorless Interchangeable Lens Camera) que são todos eles o mesmo tipo de câmeras compactas sem espelho, porem com as denominações que cada fabricante colocou nelas.

Somos cientes da dificuldade de fazer esta escolha. Para ajudá-lo um pouco nessa tarefa, recomendamos dar uma olhada neste artigo As 4 câmeras reflex recomendadas para iniciantes  e veja também, 7 Boas Opções Se Decidir Comprar Uma Câmera EVIL.

1.2.- Possuo Uma Câmera, Mas Gostaría De Outra Melhor

Se você possui uma câmera digital e acha que para aprofundar neste hobby, precisa outra melhor, aconselho esperar um pouco. 

Dé os primeiros passos neste mundo da fotografia com sua câmera atual, e detecte as limitações que ela tem. Descubra também quais de seus recursos usará mais frequentemente.

Esta imagem é dupla, e mostra ao lado esquerdo, uma pessoa carregando duas câmeras fotográficas, mostradas no enquadramento como primeiro detalhe, e do lado direito a fotografia de uma câmera de nível mais avançado,que aparece como motivo principal no enquadramento. Estas duas fotografias reforçam a ideia de possuir câmeras mais simples, e desejar outra de nível superior

Quando você tiver bem claro quê recursos da câmera, usará com mais frequência, será fácil saber que câmera precisa. Porque já terá conhecimentos suficientes que garantem que vai comprar o que verdadeiramente necessita.

2.- Aprenda Fotografia Desde O Começo

Muito bem! Temos uma câmera melhor ou pior, portanto vamos dar os primeiros passos no apaixonante mundo  da fotografia.

Neste instante você está-se perguntando, há muito que aprender? Pode acreditar que sim, mas não se apavore nem fique asustado. Que haja muito por aprender, isso não significa que você deva saber tudo para fazer boas fotografias.

Nesta imagem composta por três fotografias de três crianças segurando suas câmeras em posição de olhar e tirar fotografias. aimagem é um bom exemplo que reforça a ideia de que o gosto e a afição pela fotografia, começa não têm idade, e que deve ser desenvolvida na base da pratica, para chegar a ser mestre fotografo.

Até o fotógrafo mais experiente pode aprender coisas novas sobre esta arte. Neste periudo de aprendizado, devemos considerar duas partes básicas:

  • A parte de composição artistica
  • A parte de técnica para conhecer e manejar a câmera

A composição e o conjunto de técnicas, que permitem controlar a atenção do espectador, capturá-lo e transmiti-lhe o que sentimos e vemos, ao compor a fotografia.

Para compor uma fotografia, primeiro deve desenvolver hábitos do bom fotógrafo, e conseguir aplicá-los corretamente de forma inconsciente:

  • Exposição
  • Focagem.

Também aplicar a regra básica de composição conhecida como regra dos terços que funciona muito bem na maioria das fotografias.

2.1.- As Regras De Composição Como Arte

Uma boa composição fotográfica é um dos fatores que mais manifesta a beleza de uma instantânea. É surpreendente o que ganha uma fotografia, somente com um novo enquadramento dela, por exemplo.

Composição não é somente escolher objetos e apresentâ-los na foto, mas também onde colocar cada um dos existentes no cenario.

Fotografia que mostra umas flores amarelas e uma abelha recolhendo o polem, como exemplo de imagem tirada com enfoque macro

Existem umas poucas regras que sempre o ajudarão a compor suas fotografias. As mais importantes são estas:

A fotografia não é uma ciência exata. Envolve muito de improvisação e inspição pessoal, e isso leva à fotografia praticamente ao nível da arte.

Você encontrará fotografias belas e espetaculares, que não cumprem algumas destas regras. Mas considere sempre que estas regras são de grande ajuda para os fotógrafos iniciantes.

2.2.- Técnicas Para Manipular A Câmera Fotográfica

Dentro da fotografia tudo gira em torno da luz, porque sem luz não existe a fotografia, nem boa nem ruim. Portanto, é importante salientar, que a luz é a ferramenta mais indispensavel dentro da fotografia. 

As câmeras possuim varios tipos de controles, que facilitam escolher a forma em que a luz é coletada pela própria câmera.

Definido o enquadramento de uma foto, temos controles para brincar com os níveis de foco, cor, etc., com os que queremos que os elemento apareçam na instantânea.  Mas, quais são esses controles e como podemos brincar com eles? Vejamos seguidamente.

2.2.1.- Manejo do diafragma

Todos estes controles são explicados por separado. Para obter a composição correta há três ajustes na câmera para “brincar”, e conseguir a fotografia perfeita que desejamos:

  • Abertura do diafragma
  • Velocidade de exposição
  • A sensibilidade ISO

Estes três controles estão relacionados entre eles de forma que é impossível variar um, sem afetar os outros dois.

O diafragma é controlado eletricamente, acionando a pequena alabanquinha que está nas lentes cambiaveis da câmera.

Porem nas câmeras compactas esse controle é feito atuando no comando eletrônico correspondente. Esta é a forma de faze-lo usando a câmera em modo manual. Mesmo que a maioría das câmeras digitais, também tem controle automático do diafragma. Veja todos os detalhes neste artigo.

Fotografia que mostra seis garfos alinhados sobre um paqueno mantel branco com desenhos coloridos. Os garfos estão alinhados na diagonal de esquerda inferior, à direita superior, que é um exmplo  de focagem no centro para apreciar que é o efeito da profundidade de campo. Nesta fotografia somente está nitida a parte central da imagem e desfocada a parte mais próxima e a mais distante

Tendo definido como queremos a nossa fotografia,  o processo para fazer a fotografia corretamente será o seguinte:

  1. Medir a exposição correta no ponto mais claro da fotografia.
  2. Ajustar a velocidade do obturador para não afetar à nitidez da fotografia.
  3. Ajustar abertura do diafragma para conseguir o efeito desejado.
  4. Ajustar a sensibilidade ISO para obter a exposição correta.

2.2.2.- Ajuste Da Velocidade Do Obturdor

Quando estamos manipulando a câmera em modo manual:

  • Nas câmeras analógicas de filme, podemos selecionar a velocidade do obturador com os dedos, mexendo no seletor da câmera.
  • Nas câmeras digitais, selecionamos a velocidade do obturador com a função correspondente do menu da câmera digital.
Imagem como exemplo de composição fotográfica, que mostra um um vaso de vidro de forma quase esférica contendo um pouco de terra e nela está plantada uma orquídea avermelhada que está metade dentro do vaso e metade fora dele. Este conjunto está sobre um pequeno tapete de renda branca sobre a mesa de  madeira marrom, e de fundo uma cortina listrada em tons amarelo, verde, e marrom, que vai desde a esquerda ate a metade da imagem, e esta cortina está diante de outra de cor branca, que cobre a janela atras delas, ate o lado direito da iamgem. Esta composição é um jogo de cores, o contra luz, e os reflexos no vaso de vidro

A faixa de velocidades do obturador geralmente, vai desde uns 8 segundos de obturador aberto, ate 1/8000 de segundo, mas há câmeras que possuim faixas mais amplas de velocidade. Veja maiores detalhes neste artigo.

Quer aprender fotografia e não sabe como? Você está aprendendo fotografia porque está no local e na hora certos. Aplique na pratica todo o que aprendeu ate aquí.

2.2.3.- Formas De Medir A Luz

As câmeras digitais estão equipadas com dispositivos eletrônicos que fazem por nós, muitos ajustes de medição da luz  de forma automatica. 

Estes controles medem a quantidade da luz que do cenario, com um pequeno dispositivo chamado medidor de exposição. Este dispositivo  serve para ajustar o nível de exposição de cada elemento da foto:

  • Se estiver escura estaría sub-exposta (ponteiro à esquerda)
  • Com exposição correta (ponteiro no centro)
  • Se estiver muito clara estaría sobre-exposta (ponteiro à direita)
Fotografia tripla que mostra as três leituras do indicador de exposição de uma câmera digital. Do lado esquerdo mostra a indicação de falta de luz no cenario. Na imagem central mostra a indicação de iluminação correta no cenario. Na imagem da direita mostar a indicação de excesso de luz no cenario

Uma câmera digital permite selecionar como deve medir a luz. Isso se faz pelos chamados modos de medição “mesuring modes”, em inglês.

Câmeras digitais também possuim outra forma de medir a luz do cenario, isto é o histograma. Ele mostra num grafico, zonas claras e escuras da cena. A parte esquerda do gráfico são sombras, e a parte direita são claros.Veja mais detalhes neste artigo.

Imagem dupla que do lado esquerdo é uma fotografia macro, das flores de manjericão,  e do lado direito mostra o histograma correspondente à fotografia das flores de manjericão. Esta imagem é um exmplo de como usar o histograma na câmera  digital

2.2.4.- Que É O Equilibrio do Branco (White Balance)

Você já reparou que algumas fotografias ficam com tons azulado ou avermelhado. Esse é um efeito indesejado em qualquer fotografia, mas às vezes é procurado  propositalmente en determinadas composições fotográficas.

Vejamos este assunto. Este efeito fotográfico nocivo, é originado por uma dominante de luz no cenario, que nosso cérebro neutralizou quando estávamos lá.  Porem que a câmera digital registrou como realmente era, e que nos mostra na fotografia feita.

Imagem dupla que mostra uma pessoa sobre um fundo de atardecer, com dois ajustes de balanço do branco. Azul à esquerda e avermelhado à direita, como exemplo do efeito sobre a fotografia, que produz o balaço de branco.

Para equilibrar esse efeito dominante ou matiz da luz principal, as câmeras possuim o controle chamado Equilibrio do Branco (White Balance), que permite ajustá-lo à luz do cenario.

Estes ajustes podem ser:

  • Automático
  • Luz natural a pleno Sol
  • Luz natural dia medio encoberto
  • Luz de lâmpada fluorescente tipo 1
  • Luz de lâmpada fluorescente tipo 2
  • Luz de lâmpada fulorescente tipo 3
  • Luz de lâmpada incandescente
  • Flash
  • Etc...

Para aprender os detalhes desta função e como usá-la na composição fotográfica, veja este artigo White Balance.

2.2.5.- Que É Sensibilidade ISO?

A sensibilidade é uma função digital, e não uma coisa mecânica. É medida em números ISO e permite determinar o nível de luz recebida pelo sensor.

Imagem dupla que mostra à esquerda o display da câmera com os ajustes do diafragma, velocidade, iluminação,histograma, e sensibilidade ISO. E à direita mostra a seleção da sensibilidade ISO 200, como exemplo.

O termo ISO é reminiscência do filme químico fotosensível, quando a Organização Internacional de Normalização (International Standards Organization) classificou os filmes segundo sua sensibilidade à luz:

  • ISO 100
  • ISO 200
  • ISO 400
  • ISO 800
  • Etc.

Assim como acontece com aberturas do diafragma, e velocidades do obturador, o intervalo de números ISO pode variar entre diferentes câmeras.

2.2.5.1.- Dica importante para usar o ISO corretamente

Outra dica importante é que para ajustar o ISO na câmera, é indispensavel conhecer o fator de cropado, multiplicação ou recorte do tamanho do sensor, porque ele influencia muito no ISO real que ajustamos na câmera.

Quer dizer, o ISO que indica a câmera somente é real nas câmeras profissionais com sensor de formato completo “Full-Frame”.  Nos formatos restantes deve-se multiplicar o ISO indicado pela câmera, pelo fator de cropado, para  obter o ISO real.

Por exemplo: Temos uma câmera com sensor formato APS-C, e fator de cropado 1,5 em relação ao Full-Frame. Portanto, para as mesmas condições de iluminação do cenario, precissamos ajustar ISO360 em nossa câmera (sensor APS-C). Isto significa que na câmera de sensor Full-Frame, teriamos que ajustar o ISO800, ou mais próximo possível porque:

ISO Full-Frame = ISO(sensor APS-C) x (fator cropado x fator cropado)

Assim aplicado ao caso do exemplo  360 x 1,5 x 1,5 = 360 x 2,25 = 810  que é aproximadamente  ISO800.

Veja detalhes sobre como afeta o fator de cropado ou recorte ao número ISO,  no link seguinte:

Descubra Como É O Sensor Fotográfico

2.2.6.- Sensibilidade ISO, Que É E Como Usá-la

Nas câmeras digitais o sensor não altera a sensibilidade à luz  ao variar o número ISO. Mas o "sinal" de luz que chega o sensor sim é amplificado ou reduzido pela "mágica" da eletrônica.

Sensibilidade ISO, Que É E Como Usá-la corretamente

Imagem de uma lámpada acesa sobre fundo escuro, como exemplo de uso da sesibilidade ISO, velocidade, e apertura de diafragma.

De qualquer forma, o resultado é o mesmo que  num filme mais sensível numa câmera analógica. Um ISO maior precisa menos luz para obter a imagem, assim pode ser:

  • Ajustada menor abertura do diafragma
  • Maior velocidade de obturador
  • Fazer ambos ajustes simultâneamente.

Por enquanto, não se preocupe muito com questões técnicas, apenas fique com que ISO é significa sensibilidade à luz.

Como regra prática procure sempre trabalhar com o ISO mais baixo que a luz do cenario lhe permitir. Quer dizer, geralmente em condições de luz natural, não ajuste ISO mais alto do ISO 200. Também deve ajustar o diafragama e a velocidade do obturador corretamente.

Isto sim justifica que quando use ISO alto (ISO600 por exemplo), seja porque a luz do cenario é muito baixa. Este caso condiciona um ISO alto, correndo o risco de aparecer o indesejado “ruido” na fotografia.

O ruido deixa a fotografia como se tiver areia em toda ou parte da fotografia, principalmente nas áreas mais escuras.

No exemplo da fotografia seguinte, se aprecia o efeito de “ruido” principalmente nas nubens superiores da imagem.

Fotografia de um amanhecer com, ceu medio encoberto, mostrando o efeito de ruido na fotografia. É um exemplo dos limites da sensibilidade do sensor da câmera digital.

3.- Erros Típicos E As Melhores Dicas

Quer aprender fotografia e não sabe como? Estamos no processo de formar você lhe apresentando informação, conselhos e dicas.

Com frequência, um dos melhores procedimentos quando começa um hobby, e seguir umas regras básicas. Na fotografia não é nada diferente.

É por isso que conhecer os erros mais frequentes, sempre ajuda a corrigí-los, ou como mínimo, a reduzir efeitos negativos.

Encontre informação bem completa sobre erros mais frequentes, cometidos por fotografos iniciantes, e ate pelos mais avançados, neste artigo:

17 Erros Fotográficos Freqüentes E Como Corrigi-los

Lá encontrará algumas dicas que sem dúvida, serão uma grande ajuda, para que esteja preparado para eliminar esses erros. 

3.1.- Esqueça Os Receios E Temores E Aprenda Praticando

Possivelmente se sinta um pouco desbordado com tanta informação, dados, regras, e conceitos. Por esse motivo lhe recomendo que começe a praticar.

Faça fotografias de todo tipo:

  • Retratos
  • Paisagen
  • Animais
  • Insetos
  • Grupos de pessoas
  • Seu deporte favorito
  • Amanheceres
  • Por do Sol
  • Paias
  • Fotografia de rua
  • Fotografia noturna
  • A Lua, etc.

Este é o único jeito de aprender a criar boas fotografias, como diz o ditado popular a prática faz o mestre”, e no caso da fotografia não é diferente.

Pratique muito e de forma sistemática, pois é o processo mais eficiente de aprender.

4 Exercícios Para Ajudá-lo A Entender Conceitos Fundamentais

Aprenda Fotografia

Nestes artigos encontrará informação e dicas que vão ajudá-lo a entender perfeitamente os conceitos fundamentais da fotografia.

Ate aqui foi só o começo, o que segue é praticar muito. Porque desta forma você ficará perfeitamente familiarizado, aplicando na pratica todos os principios teóricos aprendidos.

3.2.- Desfrute fotografando o que você gosta

Esta é a melhor forma de aprender praticando a fotografia, isso porque você vai ficar entusiasmado com os resultados. Vendo seus resultados sentirá essa necessidade de melhorar sua fotografias, eliminando os pequenos ou grandes defeitos.

Fotografia de uma lagartixa, que está parada debaixo de umas raízes, olhando nervosa, com muito receio. É um exemplo de praticar fotografando tudo o que gostamos

Seguindo este processo, você criará fotografias das que sentirá satisfação em mostrar para seus colegas, amigos, familiares. E ate de apresentar para algum concurso da cidade onde você reside.

Acredito que quando você pegar o gosto pela fotografia, é que nem namoro. Você vai dedicar tempo e recursos a essa nova paixão, isso posso te garantir por experiência própria.

3.3.- Já Criamos As Fotografias!

Quando se usavam câmeras analógicas e filme químico, o processo fotográfico terminava levando os filmes para revelado. Encomendar as copias das fotografias em papel, e tal vez ate colocá-las num album, porque era impossível fazer mais nada.

Mas isso é historia passada, porque hoje com a fotografia digital, você “tem o poder absoluto” para fazer o que goste com suas fotográficas.

Pode eliminar as que desejar e guardar as melhores, trabalhando no pós-processado das que quiser, usando o software que desejar.

Com isso poderá corregir defeitos que não foram detetados quando tirou a fotografia. Como pode ser tonalidades de cores, resaltar reflexos, eleiminar sombras, etc.

A técnica de pós-processado de imagens, permite otimizar aquelas que quiser, ate deixá-las perfeitas, para apresentá-las em concurso.

3.3.1.- Aprender Fotografia E Como Armazená-las

Armazenar as fotografias é um hábito necessário que todo fotografo deve criar, ou do contrario, a qualquer hora ter a desagradavel “surpresa” de perder todas, ou uma boa parte delas..

Isto representa um desafio para os fotografos, principalmente iniciantes, porque representa criar hábitos novos, que pode ser difícil.

Fotgrafia que  mostra todos os medios que podem ser usados para armazenar nossas fotografias. Computador ou notebook, o celular, o pendrive, o disco rígito externo, e um DVD/CD-ROM

A maioría das câmeras digitais atuais, permitem passar as fotografias por Wifi(1) ou Bluetooth(2) para o celular e o computador.

NOTA: (1) e (2) são marcas patenteadas que pertecem às correspondentes  empresas multinacionais, e que são usadas como simples referências.

Mas a verdadeira “sacada” desta dica deve ser que, vocè precisa armazenar todas suas fotografias,  de forma apropríada.

Pode usar: Pendrive, CDROM, DVD, tablet, disco rígido externo, e celular, para armazenar suas fotografias exclusivamente. Veja todos os detalhes na fotografia acima.

E agora mais uma dica. Seja muito organizado, crie pastas por:

  • Tipo de fotografias
  • Por datas
  • Por motivos
  • Sujeitos, etc. 

de forma que seja fácil encontrar cada fotografia.

Pense que no tempo chegará a armazenar milhares de fotografias, e se não for organizado meu amigo! Você terá criado uma verdadeira bagunça com suas fotografias! Valeu?

3.3.2.- Aprender Fotografia E Como Apresentá-las

A forma de apresentação de fotografias mais usada, é criar vídeos fazendo boas combinações de transições progressivas  e colocar música.

Fazer isso não é complicado, só tomará um tempo, e mais ainda se quiser “caprichar” no trabalho de apresentação. Depois você pode visualizá-lo na tela do monitor do seu computador, ou ate num aparelho de televisão.

Uma dica para fazer a montagem desta apresentação, é que você pode fazé-lo sem gastar dinheiro em programas. Isso porque o Windows já traz instalado, o programa perfeito que é o Movie Maker.

Neste artigo você encontra alguns conselhos e dicas que vão levá-lo passo a passo, para que faça este tipo de trabalho de apresentação "slide show" de suas fotos:

7 Conselhos Para Mostrar Suas Apresentações Fotográficas E Não Perder Nada

4.- Introdução Ao Retoque Da Fotografia Digital

Uma vantagem da fotografia digital, é a  possibilidade de pós-processar e editar todas nossas criações fotográficas.

Mas para poder realizar este trabalho de retoque, precisará um programa de edição de imagem digital. Como existe uma grande quantidade destes programas, o que posso apontar é que os dois mais usados são da Adobe e são:

Que são de pago, más que existem outros com muito bons recursos, e que são gratuitos, como Gimp. Clique no link para descarregá-lo.  Descarregar Gimp

Mas devo acrescentar que você não tem porque começar logo a fazer retoque nas suas fotografias, já desde o inicio. Esta técnica é bastante avançada e não recomendo se dedicar a ela desde o inicio na fotografia.

É importante trabalhar aplicando na pratica toda a teória que foi exposta ate aquí, e fazer muitas fotografias. Ajuste sempre corretamente, todos os parámetros esenciais para conseguir boas fotografias.

Portanto, ajustar corretamente: abertura do diafragmavelocidade do obturador, e a sensibilidade ISO de acordo à iluminação do cenario.

Porque o mais importante é conseguir dominar este Triângulo de Exposição, e também aplicar sempre, a Regra dos Terços.

5.- Quer aprender fotografia? Está No Começo, Não Desista!

Quer aprender fotografia e não sabe como? Em este momento imagino que sua pergunta inicial, esteja quase totalmente esclarecida.

Bom! Imagino que você esteja se sentindo um pouco abalado com esta enxurrada de informação, mas não fique desanimado porque na indexcamera.com temos muito mais que mostrar e ensinar, sobre esta arte que é a fotografia.

Imagem que mostra um homem de costas, vestindo um grosso agasalho com capuz, usando luvas de couro, que carrega uma câmera com a mão direita, e está caminhando numa estrada cheia de neve e gelo, que se perde no denso bosque à frente. Esta fotografia expressa o caminho que ainda falta por percorrer no aprendizado da fotografia.

6.- Conclusão

Como indicado no cabeçalho deste longo artigo, quer aprender fotografia e não sabe como? Bom! agora estou certo de que sua dúvida inicial esteja resolvida.

Como chegou ate aqui, deve ter apreciado as explicações e dicas importantes que aplicará sempre, para criar suas fotografias.

Agora é a sua vez! Começe a aplicá-las de maneira constante, pratique fazendo suas fotografias, e aprenda com seus erros, pois é o caminho para ser um bom fotógrafo.

Começe com a câmera que você tiver, sem importar se ela é simples ou de boa qualidade. Como foi indicado, não é a câmera a que faz o fotógrafo, nem boas fotografias dependem de câmeras profissionais.

As boas fotografias sempre são criadas com a habilidade, experiência, e conhecimentos do fotógrafo que maneja a câmera.

Espero que tenha gostado deste longo artigo, e das dicas expostas detalhamente nos paragrafos e no tutorial do vídeo. Caso tenha gostado, compartilhe e deixe seu comentario, ficarei grato por isso e responderei com prazer.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (28 votes, average: 3,64 out of 5)

Loading...

Este site usa cookies próprios e de terceiros para recopilar informação estatistíca, e mostrá-lhe publicidade relacionada com sua preferência, gerada a partir das suas pautas de navegação. Caso de continuar navegando, consideramos que aceita esta utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close