Tipos de Lentes Para Câmeras Reflex

By clopezso | Equipamentos

Tipos de Lentes Para Câmeras Reflex

Tipos de lentes para câmeras reflex e suas diferenças, é o que vamos ver a seguir para conhecer características e uso de todos eles.

Partimos da diferença que existe entre tipos de câmeras compactas e reflex, que é muito clara como explicado nesta página.

Ou seja, as câmeras compactas não permitem cambiar as lentes, isso limita suas funcionalidades. Mas as câmeras reflex sim permitem cambiar todos os tipos de lentes, o que lhes outorga inúmeras possibilidades fotográficas. 

Todas estas possibilidades de uso apresentam o problema de saber qual lente usar em cada caso. Me refiro a usar a lente ou objetiva apropriada, para cada fotografia e também, saber tirar o máximo partido.

Às vezes vemos fotografias verdadeiramente lindas, que captam completamente nossa atenção. É claro que atrás de uma imagem impressionante sempre encontramos a correta aplicação da técnica fotográfica, e a aplicação da lente apropriada para esse caso.  

imagem dos tipos de lentes para câmera reflex que existem. Olho de peixe, grande angula, 50 mm, teleobjetivas de 18-105, 55-250 mm, e lente Macro

O que normalmente é chamado de lente na terminologia fotográfica, não é exatamente isso. O apropriado é chamá-lo de objetiva, que é exatamente, essa parte dianteira cilíndrica da câmera fotográfica.

No entanto para deixar esclarecida esta diferença, indicar que uma objetiva está formada geralmente, por várias lentes de cristal. Portanto, chamar “lente” ao conjunto de lentes que formam a objetiva, não é o mais correto.

Chegados a este ponto precisamos entender alguns conceitos fundamentais, antes de avançar com tipos de lentes existentes para câmeras reflex.

1.- Tipos e características das objetivas

Na hora de comprar uma objetiva é indispensável se atentar para duas características fundamentais delas:

  • Luminosidade
  • Distância focal
  •  Campo Visual ou Ângulo de Visão

Estas três características são básicas para determinar a qualidade de uma objetiva, pois determinam seu desempenho fotográfico.

1.1.- A luminosidade

A Luminosidade de uma objetiva é a quantidade de luz que entra e passa pelo conjunto de lentes da objetiva. 

O que determina a luminosidade de uma objetiva, alem da qualidade do cristal, é o Diafragma montado internamente nela.

O Diafragma é um mecanismo composto por pequenas laminas que fecham ou abrem a passagem de luz para a câmera. Veja neste artigo Aprenda fotografia todos os detalhes do Diafragma. 

Todas as objetivas estão marcadas com uns números, que expressam suas características, geralmente:

  • Valor (f) que define a máxima abertura do diafragma da objetiva (luminosidade)
  • Números da Distância Focal (DF)
  • Outros dados de ajuste como, distância de focagem, etc.

Um conceito importante é que o número (f) determina a abertura máxima da objetiva. A passagem de luz é inversa ao valor de (f), ou seja, f=1.4 é apertura máxima, e f=22 é apertura mínima. Veja mais informação ​clicando  aquí.

Estes números se apreciam realmente como é mostrado nesta fotografia de uma objetiva:

Imagem que mostra uma lente tipo tele zoom de 18-135 mm, indicanando o significado dos números que estão impressos no corpo da lente. 3.5-5.6 como luminosidade da objetiva, e 18.135 mm como distâncias focais desta lente.

A qualidade das fotografias que uma objetiva pode fazer sempre dependerá da luminosidade das lentes que possui. Portanto a luminosidade da objetiva é fundamental, porque evitará velocidades baixas do obturador e, conseqüentemente fotos tremidas.

Imagem do grafico que mostra as proporções de apertura dos diafragmas mais normais das lentes: f1.4, f1.8, f2.8, f4, f5.6, f8, f11, f16, f22.

Da mesma forma permitirá usar aperturas de diafragma menores, o que dará maior nitidez à imagem.

Outra característica das objetivas é que, naquelas que são teleobjetivas, você verá que indicam dois valores do número (f). Isto significa que a objetiva tem duas aperturas máximas de acordo às suas distâncias focais.

Imagem uma lente teleojetiva de 75-300 mm, para indicar que há lentes com dois números f. No caso f4 e f5.6, que correspondem às duas distâncias focais extremas da lente, f4 para DF 75 e f5.6 para DF 300.

Assim uma objetiva com distância focal (DF) 75-300 mm com f/4-5.6, devemos entender que para DF=75 mm, a apertura máxima do diafragma é f=4, e para DF=300 mm a apertura máxima de diafragma é f=5.6    

1.2.- A distância focal

Distância focal é o valor em milímetros, à que enfoca corretamente uma lente ou objetiva. Portanto é a segunda coisa importante que deve considerar na hora de selecionar e comprar uma lente.

Quanto maior seja a distância focal de uma lente, mais perto ficam os objetos e cenário a serem fotografados. Assim uma objetiva com distância focal de 200 mm, terá um efeito zoom quatro vezes maior do que uma lente de 50 mm.

Quer dizer, os tamanhos dos objetos fotografados ficaram quatro vezes maiores, mas o campo visual ficará proporcionalmente reduzido.  Com a lente de 50 mm os objetos fotografados apareceram mais distantes, e o campo ou ângulo de visão, será maior.

Uma idéia bastante esclarecedora é que a lente DF=50 mm possui um ângulo visual muito parecido com o olho humano.

Exemplo do efeito ótico que sofrem as imagens do mesmo cenário, usando objetivas com Distância Focal diferente:

A definição feita do conceito da Distância Focal (DF) estabelece a classificação dos tipos de objetivas ou lentes existentes.

Portanto temos dois tipos de objetivas ou lentes:

1.2.1.- Lentes de Distância Focal fixa ou única

1.2.2.- Objetivas de Distância Focal variável

Vamos ver quais são as diferenças existentes entre eles exatamente.

1.2.1.- Lentes ou objetivas de Distância Focal fixa ou única

Estas lentes não permitem alterar a Distância Focal que está indicada no corpo dela, e que está fixada pelo fabricante.

Portanto, estas lentes também têm um ângulo ou campo de visão fixo, e somente permite variar a apertura do diafragma.

Com este tipo de lentes, se o fotografo precisa aumentar ou diminuir o tamanho da imagem, é obrigado a encostar ou afastar a câmera no objeto fotografado.

Isto era praxe nas primeiras câmeras fotográficas, que possuíam uma lente fixa bem simples. Descubra toda a informação neste artigo: Historia da Câmera fotográfica.

1.2.2.- Lentes ou objetivas de Distância Focal variável 

Este tipo de lentes ou objetivas permitem variar a Distância Focal dentro do campo que esteja fixado na própria objetiva.

Estas objetivas permitem ao fotografo aproximar ou afastar os objetos a fotografar, sem necessidade de deslocar a câmera. Isso porque o conjunto de lentes montados na objetiva permite ser ajustado manual ou automaticamente, fixando a Distância Focal apropriada.

Também possuem distintos ângulos ou campos de visão, que dependem da Distância Focal que seja ajustada na objetiva. 

1.3.- Campo Visual ou Ângulo de Visão

Esta característica das objetivas está estreitamente ligada à Distância Focal (DF). Isso porque para maior DF menor ângulo de visão, e ao contrario, quanto menor seja DF maior o campo visual. 

Esta característica é exatamente uma relação que fixa a própria DF de cada lente. Portanto as teleobjetivas possuem uma faixa de ângulo de visão que varia entre a DF mínima e máxima.

Mas qual é a utilidade disso tudo?  Bom!  Poder brincar com a amplitude do ângulo de visão vai-nos permitir montar “ao gosto” nossa composição fotográfica.

Como uma imagem vale mais do que muitas palavras, veja os detalhes no gráfico inferior:

Imagem que mostra um gráfico com as características correspondentes aos tipos de lentes para câmeras reflex.  Mostrando a lente tipo olho de peixe ate teleobjetivas de 200 mm. Mostra a correspondência entre distâncias focais e ângulo de visão correspondente a cada lente. Assim 8 mm 180º, 18 mm 98º, 20 mm 94º, 24 mm 86º, 35 mm 63º, 50 mm 46º, 70 mm 30º, 85 mm 28.5º, 100 mm 24º, 135 mm 20º, e 200 mm 12º.

2.- Tipos de objetivas mais usadas

Como em qualquer outro oficio, na fotografia há certas “ferramentas” que são preferidas a outras, como são câmeras e objetivas.

Isto acontece porque mesmo que trabalhemos em áreas ou setores diferentes, quase sempre usamos os mesmos tipos de lentes. E por que se faz assim? Pois há vários motivos, mas os principais são estes:

  • Custo econômico. Menor quantidade de lentes menor investimento.
  • Comodidade. A tendência deve ser cambiar as lentes o mínimo imprescindível.
  • Facilidade de transporte e manejo. Menor quantidade de lentes a carregar.
  • Menor desgaste para a câmera. Cambiar uma lente é desgaste e risco de quebra.

Feita esta introdução, vamos ver quais são esses tipos de lentes preferidos e usados com maior freqüência em nosso trabalho.

2.1.- Objetiva de 50 mm a mais apreciada

Esta lente com distância focal fixa de 50 mm possui um ângulo de visão equivalente ao do olho humano. Por isso é muito apreciada por todos no mundo fotográfico. Alem disso e mesmo que não seja de primeira marca, sempre faz imagens de muita qualidade.

Por sua simplicidade de construção, geralmente sempre é um tipo de lente que possui a maior luminosidade. Esta é outra boa característica que o faz imprescindível em situações de baixa luz no cenário.

Imagem que mostra duas lentes de distyância focal 50 mm, uma da Canon e outra da Yongnuo. Ambas são das mais luminosas, a Canon f 1.6 e a Yongnuo f 1.8. Este é uma das mais comuns dos tipos de lentes para câmeras reflex

Todos os profissionais usam este tipo de lente, seja para fazer retratos ou em situações de escassa iluminação, como indicado. Reproduz com fidelidade o que o olho humano vê.

Também é uma lente que é apropriada para os principiantes, e é muito recomendada nos centros de ensino de fotografia.

2.2.- Objetiva de 85 mm

Este tipo de lente é bastante luminoso, mesmo que não da mesma categoria da lente de 50 mm. Também reproduz com bastante aproximação, o que o olho humano vê.

Este tipo de lente é interessante incorporá-la a nosso equipamento, pelas características de luminosidade e suas aplicações.

Imagem que mostra uma objetiva de distância focal 85 mm e f 1.8. É um exemplo das lentes que são muito usada para fotografar casamentos, retratos, crianças, animais de estimação, etc.

Tem distância focal fixa, que é usada normalmente para fotografar casamentos, aniversários, crianças, animais de estimação, e retratos em geral.

2.3.- Objetiva tipo zoom intermédio

Quando se está começando na fotografia e ainda não temos bem definida a especialidade ou área em que vamos trabalhar, é interessante ter uma objetiva de distância focal variável.

Isto porque esta objetiva depois sempre terá aplicações para fazer qualquer tipo de fotografia.

Este tipo de lente pode ser um dos seguintes:

  • Zoom tipo intermédio com DF 18-85 mm
  • Tipo zoom intermédio com DF 24-105 mm
  • Tipo zoom intermédio com DF 18-135 mm
Imagem que mostra uma teleobjetiva de zoom intermédio, como exemplo dos tipos de lentes para câmeras reflex. esta lente possue distâncias focais de 18 -135 mm, e número f 3.5 e f 5.6

Por exemplo, uma objetiva como a da imagem acima, alem de ser adequada para fotografar retrato, crianças, animais de estimação, etc., está prevista para filmagem de vídeos em full HD.

Também é apropriada para fotografia esportiva, paisagens, amanhecer/entardecer, paisagens urbanas, retratos, casamentos, etc. Mesma coisa acontece com os outros tipos inferiores, dentro das limitações por diferenças de DF.

2.4.- Teleobjetiva ou lente telezoom 

Este tipo de objetivas possui uma faixa de Distância Focal que normalmente supera os 200 mm. As super-teleobjetivas têm 400, 600, 800 e ate de 1200 mm, para casos específicos em que precisa aproximar os objetos a fotografar.

Normalmente são usados para fotografia esportiva, animais selvagens, todo tipo de pássaros em vôo, vôo acrobático de aviões, parapente, etc.

Imagem mostrando uma teleobjetiva do tipo telezoom da Nikon com distância focal 70-300, e numero f4.5 e f5.6. é um exmplo de lente dos tipos de lentes para câmeras reflex que há

Uma objetiva como a da imagem acima, está preparada para fotografia e para vídeo full HD. Possui controle progressivo automático para foto e para vídeo, com velocidade constante de aproximação e distanciamento.

2.5.- Lentes tipo Grande angular

A principal característica deste tipo de lentes, é que todas elas têm uma Distância focal menor que 35 mm. Dentro deste tipo de lentes se encontra as do tipo Olho de Peixe, que veremos no item seguinte.

Podemos dizer que a lente grande angular tem duas características fundamentais:

  • Distância focal inferior a 35 mm
  • Ângulo de visão superior a 70 graus
  • Podem ter Distância Focal fixa ou variável entre 8-35 mm

Por terem um ângulo de visão muito amplo, abrange cenas muito amplas. Esta característica produz imagens deformadas, curvadas nas laterais, mas este efeito é procurado em certas composições fotográficas.

Imagem que mostra dois tipos de lentes grande angular. Uma com distância focal variavel  de 18-35 mm e f1.8, a outra de distância focal fixa 24 mm. Ambas são exemplos dos tipos de lentes para câmeras reflex.

Este tipo de lentes é usado principalmente em fotografia de paisagens, prédios, interior de locais, fotografia criativa, casamentos, grupos de pessoas, fotografia astronômica, etc.

2.6.- Lentes tipo Olho de Peixe

Como indicado no item anterior, este tipo de lente Olho de Peixe é uma variante das lentes grande angular. As principais características deste tipo de lentes são:

Distância Focal por baixo dos 10 mm

Podem ser de Distância Focal fixa ou variável entre 8 e 15 mm

Ângulo de visão entre 180º e 110º

Luminosidade muito boa que possibilita fazer fotografias com pouca luz

São apropriadas para fotografia noturna do céu

Imagem de uma lenteda Canon do tipo olho de peixe, com distância focal variavel de 8-15 mm, e luminosidade f 4. Esta é um exemplo dos tipos de  lentes para câmeras reflex.

Este tipo de lente produz uma resolução muito boa, para fotografar paisagens, prédios altos, retratos ambientais, alimentos, etc. Também são usadas para fotografar esportes extremos, e conseguir efeitos espetaculares.

Igual que a lente grande angular, produz deformações curvadas nas imagens, em este caso até um circulo fechado. Esta característica é muito utilizada para fotografia criativa.

2.7.- Objetiva tipo Macro

Este tipo de lente permite focagem à distância muito curta. A denominação Macro somente é aplicável quando a imagem fotografada possui como mínimo o mesmo tamanho que o original.

As lentes Macro são usadas freqüentemente na pesquisa biológica, porque permite mostrar detalhes de espécies diferentes, animais, vegetais, bactérias, etc.

As principais características das lentes Macro são estas:

  • Distância Focal entre a normal e teleobjetiva
  • Podem focalizar diretamente sem nenhum acessório
  • Permitem focagem a distâncias muito curtas, poucos centímetros
  • Fazem fotografias muito aumentadas dos objetos
  • Lentes corrigidas com alta precisão para focagem a distância muito curtas
  • Fazem imagens de alta definição muito nítidas
Imagem de duas lentes tipo Macro. Una Canon de distância focal 100 mm e luminosidade f2.8 e outra da Tokina  com distância focal 100mm e luminosidade f2.8. Ambas são exemplos dos tipos de lentes para câmeras reflex.

Este tipo de lentes Macro é muito usado também na fotografia de jóias, miniaturas, numismática, filatelia, insetos, flores, etc. Ou para mostrar detalhes isolados de objetos, como talhas de marfim e madeira, detalhes de maquetas, lapidação de pedras, etc.

2.8.- Objetivas ou lentes para todo uso

Este tipo de lentes são as que possuem uma ampla faixa de Distância Focal, e também são bastante luminosos. Podem chegar a distância focal pequena porem também a uma telezoom.

Alem disso devem ter uma ampla faixa de diafragma, que permita fazer fotografias em ambientes com todo tipo de iluminação.

Imagem que m ostra uma objetiva das mais usadas profissionalmente. Tem distância focal variavel de 18-135 mm e luminosidade f 3.5 e f 5.6. ¨e um exmplo dos tipos de lentes para câmeras reflex.

A “vantagem” deste tipo de objetivas é que, com uma câmera e uma lente, praticamente não precise carregar nenhuma outra lente, para poder trabalhar com bastante “normalidade”. 

São usadas em quase todo tipo de fotografia:

  • Retrato
  • Fotografia urbana
  • Paisagens
  • Fotografia interior de locais
  • Arquitetura
  • Grupos de pessoas
  • Um longo Etc.

Estas lentes são multiuso ou polivalentes, e reduzem a quantidade de equipamento a carregar. Mas em oposição a esta “comodidade” de trabalho, sempre fica prejudicada a qualidade das imagens.

3.- Conclusão

Se você chegou até aqui terá apreciado que há um mundo inesgotável de possibilidades na hora de aplicar objetivas.

É verdade que a câmera é uma parte muito importante para fazer fotografias, mas sem luz não há fotografia. Portanto o elemento que maneja o que faz a luz dentro da câmera é a objetiva, e isso a faz imprescindível.

Assim temos que como exposto acima, existem infinitas possibilidades de compor fotografias de todo tipo. Isto serão sempre a inspiração e capacidade do fotógrafo por um lado, e por outro usar a objetiva correta.

Existe uma lente ou objetiva correta para cada tipo de fotografia, e para cada fotógrafo. Poderá tirar mais rendimento, seja por luminosidade, zoom, distância focal, peso, qualidade das lentes, tamanho, etc.

O mais importante é que saiba escolher as objetivas corretas para você, e para isso espero tê-lo ajudado com o conteúdo deste longo artigo. 

Espero que tenha gostado do conteúdo, e que seja da maior utilidade para você. Deixe seu comentario em baixo, que terei prazer em responder.

Se gostou do artigo compartilhe nas redes sociais, clicando nos botões ao lado ou abaixo.

 Ate o próximo artigo! 

Este site usa cookies próprios e de terceiros para recopilar informação estatistíca, e mostrá-lhe publicidade relacionada com sua preferência, gerada a partir das suas pautas de navegação. Caso de continuar navegando, consideramos que aceita esta utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close